Palestra Maria Elisa Rodrigues Moreira – Por que ler Ítalo Calvino hoje?

17 de abril de 2010

href=”http://www.ustream.tv/channels” style=”padding: 2px 0px 4px; width: 400px; background: #ffffff; display: block; color: #000000; font-weight: normal; font-size: 10px; text-decoration: underline; text-align: center;” target=”_blank”>Free TV : Ustream“Por que ler Italo Calvino hoje?” será o tema do projeto Estação Pátio Savassi deste sábado (17/4). A convidada é a Mestre em Literatura, Maria Elisa Rodrigues Moreira, que propõe uma reflexão sobre a relação dos leitores hoje com as obras literárias. “Através da obra de Calvino, vou propor ao público que descubramos juntos os motivos que fazem da literatura um importante meio de inserção no mundo contemporâneo”, explica Maria Elisa.

Imagine a cena: você começa a ler um livro e, na metade da publicação, por um erro de encadernação as páginas do início se repetem. Você vai à livraria trocar o exemplar e tem outra surpresa: as páginas do novo livro contam outra história e o erro de encadernação novamente acontece. Intrigante e instigante – o leitor leu o início da história, mas não consegue chegar ao desfecho da mesma. Este é o enredo do livro “Se um Viajante numa Noite de Inverno”, de Italo Calvino, onde o autor explora com ironia a relação do leitor com a obra literária.

O Estação Pátio Savassi acontece sábado, 17/04, a partir de 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061. Savassi).

Italo Calvino nasceu em 1923 em Cuba, mas, filho de italianos, ainda menino foi morar na Itália. Lançou seu primeiro livro em 1947, mas só a partir dos anos 50 começou a ser reconhecido internacionalmente por suas obras. Entre elas estão: ‘O Visconde Partido ao Meio’ (1952), ‘O Barão nas Árvores’ (1957), ‘O Cavaleiro Inexistente’ (1959) e ‘Palomar’ (1983).

Sobre a palestrante
Mestre em Teoria da Literatura e Bacharel em Comunicação Social. Publicou o livro “Saber narrativo: proposta para uma leitura de Ítalo Calvino” e uma série de artigos na área de teoria literária.

Estação Pátio Savassi
O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Em seu quinto ano de existência, conta com patrocínio da CEMIG, Governo do Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, onde se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Júlia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

Deixe um comentário