Palestra com Cinara Clemente – Biodiversidade: e nós, ficamos fora disso?

12 de junho de 2010

Segundo o Relatório de Avaliação Global de Recursos Florestais 2010, divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU), 13 milhões de hectares de florestas nativas foram transformados em terras agrícolas ou destruídos por causas naturais nos últimos dez anos.

Para alertar a população sobre os riscos do desmatamento, o Estação Pátio Savassi deste sábado, 12 de junho, tem como tema de discussão “Biodiversidade: e nós, ficamos fora disso?”. O tema está em pauta em todo o mundo, já que a ONU escolheu 2010 como o Ano da Biodiversidade.

Quem comanda o bate-papo é a bióloga e Mestre em Zoologia de Vertebrados Cinara Clemente, a partir das 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 – Savassi).

Segundo a bióloga, o termo biodiversidade corresponde à riqueza e variedade do mundo natural. A poluição, o uso excessivo dos recursos naturais, a expansão da fronteira agrícola em detrimento dos habitats naturais, a expansão urbana e industrial, tudo isso está levando muitas espécies vegetais e animais à extinção. A biodiversidade está sendo, assim, destruída, levando − entre outros danos − à mudança climática e geográfica. No encontro de sábado, Cinara Clemente vai explicar a importância da diversidade biológica para a vida no planeta, e propor ao público uma reflexão sobre o papel de cada um na preservação ambiental.

Sobre Cinara Clemente

Bióloga, Bacharel Licenciada pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Mestre em Zoologia pelo Museu Nacional – UFRJ. Atua a 5 anos em projetos de licenciamento e monitoramento como coordenadora e consultora especialista em herpetofauna em  áreas de mineração, energia e área industrial.  Tem ampla experiência com coordenação de projetos ambientais, planos de manejo de unidades de conservação e monitoramentos de fauna.  Atualmente é Gerente de Projetos da Bicho do Mato Meio Ambiente

 

Estação Pátio Savassi

O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Em seu quinto ano de existência, conta com patrocínio da CEMIG, Governo do Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras, gratuitas, ocorrem sempre nas manhãs de sábado, e nelas se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia), com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

Deixe um comentário