Palestra com Romeu Guimarães – “Por que seguimos um padrão?”

18 de setembro de 2010

Quem nunca tentou seguir as tendências da moda, o padrão de beleza, comprar aquele celular que todo mundo tem igual ou, simplesmente, mudar as atitudes e opiniões para não ir contra a maioria? Estes são alguns dos padrões que um grande número de pessoas adota como certo e o seguem.

De acordo com os dicionários, padrão significa aquilo que serve de referência; modelo. Na sociedade em que vivemos, padrões são adotados e propagados a todos. Moda, estética, comportamento e até mesmo nossos hábitos de consumo sofrem influências do senso comum.

Mas, “Por que seguimos um padrão?”. Para tentar responder essa pergunta, o Estação Pátio Savassi deste sábado, 18 de setembro, convidou o médico e Doutor em Genética, Romeu Guimarães. O encontro acontece às 11:00 no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 Savassi), é gratuito e aberto ao público.

Embasado em argumentações científicas, Romeu explicará o porquê dos seres humanos adotarem e seguirem os modelos impostos pela sociedade. Para o médico, a sociedade é um sistema do qual somos uma parte. Para que funcione com sucesso, algumas normas e processos devem ser seguidos.

“Quando estamos inseridos dentro de um sistema, uma parte importante de nossos comportamentos é ditada por ele. Fala-se em causação de cima para baixo; do conjunto integrado sobre cada um dos componentes e, até mesmo, do todo sobre as partes. Então fica a questão: o quanto restaria de liberdade aos indivíduos?”, reflete o palestrante.

Romeu Guimarães
Médico e Doutor em Genética. Trabalha atualmente na área de Origem da Vida.

Estação Pátio Savassi
O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Em seu quinto ano de existência, conta com patrocínio do Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, onde se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

Deixe um comentário