Palestra com Carolina Marinho – Qual o ponto de virada da arte?

29 de maio de 2010

Stream videos at Ustream
As artes são formas encontradas pelos homens para expor seus sentimentos, valores e visão de mundo. É, sem dúvida, expressão maior de uma época, do momento em que vive a sociedade. Através da história da arte podemos entender um pouco da história humana. Seja a partir da Arte Grega, na Idade Antiga; da Arte Gótica, na Idade Média; do Renascimento e Barroco, na Idade Moderna, ou do Realismo e da Pop Art na contemporaneidade.

Com a palestra “Qual o ponto de virada da arte?”, o Estação Pátio Savassi deste sábado (29/5), vai discutir as mudanças ocorridas na sociedade e nas artes. O bate-papo acontece a partir das 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 Savassi). Quem comanda o encontro é Carolina Marinho, Doutora em Letras e Mestre em Comunicação e Semiótica.

No mundo contemporâneo, a arte se constitui na reunião de uma notável diversidade de estilos, movimentos e técnicas. Segundo Carolina, os meios de apresentação das artes vêm se expandindo e se contaminando mutuamente, gerando novas linguagens e ampliando, também, os seus suportes. Com isso, rompem-se os espaços tradicionais – tanto da tela na pintura quanto dos museus e galerias. Desta forma, a arte vem conquistando as ruas e usando o corpo como veículo.

A partir dessa realidade, Carolina vai propor uma reflexão sobre as grandes transformações pelas quais vêm passando o mundo contemporâneo e conseqüentemente a arte, uma das formas mais utilizadas para expressar sentimentos e momentos.

Sobre Carolina Marinho
Doutora em Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo, com ênfase em Cinema e Literatura, também é Mestre em Comunicação e Semiótica. Autora do Livro “Poéticas do Maravilhoso”, também é Crítica literária do Caderno 2 do jornal Estado de São Paulo e da revista Isto É.

Estação Pátio Savassi
O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Em seu quinto ano de existência, conta com patrocínio da CEMIG, Governo do Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, onde se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

Deixe um comentário