Vídeo: Estação Pátio e Cutelaria

19 de março de 2011

Na manhã do sábado, 19, o Pátio Savassi recebeu a primeira edição do ano do projeto Estação Pátio. Confira vídeo do evento (siga a cobertura também pelo Twitter):

Tags: ,

12 comentários

  1. Marcos Soares Ramos Cabete disse:

    Parabéns pela iniciativa! Já lí muito sobre o Bodolay e tinha dêle uma imagem falsa. Vê-lo e ouví-lo ao vivo foi gratificante pois mostrou-me o ser humano com seu humor e suas virtudes. Adorei!

    Agora para complementarem e fecharem com chave de ouro este assunto da cutelaria poderiam chamar o mineiríssimo Remo, que é de Belo Horizonte e se especializou em fazer espadas japonesas sendo hoje o único cuteleiro do Brasil e um dos poucos fora do Japão que faz o próprio aço seguindo as tradições japonesas para depois fazer as espadas. O Remo tem obras lindíssimas de joalheria japonesa aplicada a suas espadas, ou seja, além de um ótimo cuteleiro também é um ótimo joalheiro.
    Parabéns!!
    Marcos Cabete

  2. Estação do Saber disse:

    Olá Marcos, ótima sugestão… se tiver algum conteúdo (links para vídeos, textos etc) para compartilhar conosco basta enviar que publicaremos no site.
    Obrigado pela presença
    Esperamos você nos próximos

  3. Venho parabenizá-los pela iniciativa de divulgação da cutelaria artesanal.

    Já li muito sobre Antal Bodolay, comercializei algumas peças dele e conheci seu filho, Alexandre.

    Temos excelentes cuteleiros em Minas, alguns dos melhores do Brasil, Remo Nogueira como bem definiu o amigo Marcos Cabete, é seguramente um deles.

    O cuteleiro Jacinto Melo, de Pará de Minas, produz facas quw são verdadeiras jóias.

    Aproveito para enviar o contato de ambos:

    Jacinto_melo@zipmail.com.br
    http://www.remo.art.br

    Saudações!!!
    Silvana Mouzinho

  4. Sou apreciador da cutelaria desde que ganhei minha faca de aço carbono da Mundial aos 13 anos, hoje tenho 43, fui trilheiro para apreciar nossa natureza e agente voluntário de resgate. A faca é uma importante ferramenta para mim. Alugo mesa no Salão de Cutelaria de São Paulo e faço como o Bodolay disse, uso as facas que compro. Pra mim não deve haver faca de gaveta. Uso o salão para rolos e adquirir as preciosidades feitas a mão para uso.
    Adorei ouvi-lo falar. Coisa rara e bela. Deveria fazer isso mais vezes. Nós, os apaixonados por lâminas, agradecemos imensamente.
    Ler um livro é uma coisa, mas ouvir o autor depois de ler os livros é multiplicador.
    Parabéns pela iniciativa das partes envolvidas.
    Realmente não há títulos, há os que sabem mais e os que querem aprender e coincidentemente os que sabem mais são aqueles que sempre querem aprender.
    O processo criador da antecipação imaginada da peça a ser feita foi maravilhoso.
    O rigor declarado para atingir o objetivo na qualidade da peça é de arrepiar.
    Gostaria de saber quais as razões dos desprazeres do momento da venda.
    Gostaria muito de adquirir uma peça de lima do Bodolay (Pai), por ele.
    Agradeço.
    Abraços
    Filippo

  5. Estação do Saber disse:

    Olá Silvana, obrigado pelo feedback. Aproveitamos para convidá-la a rever a palestra na íntegra pelo link: http://www.estacaodosaber.art.br/videos/ao-vivo-estacao-patio-savassi-2011/
    Continue conosco
    Obrigado

  6. Estação do Saber disse:

    Olá Filippo, obrigado pelas considerações. Muito nos alegra receber o feedback de pessoas tão interessadas no assunto. Aproveitando, disponibilizamos a palestra na íntegra através do link: http://www.estacaodosaber.art.br/videos/ao-vivo-estacao-patio-savassi-2011/
    Continue sempre conosco
    Obrigado

  7. Oscar Boson disse:

    Que bom vocês terem conseguido tirar o “tatú” da toca. Ver a luz do dia com certeza trouxe para ele horizontes e para as pessoas que o assistiram relíquia e preciosidade. Parabéns pela entrevista ao Mestre dos mestres da cutelaria: Bodolay.

  8. Estação do Saber disse:

    Obrigado Oscar, continue acompanhando conosco outras conversas singulares.
    Abs

  9. [...] O primeiro evento foi marcado pela presença dos convidados Paulo Mariz e Antal Bodolay com a temática Cutelaria. [...]

  10. [...] O primeiro evento foi marcado pela presença dos convidados Paulo Mariz e Antal Bodolay com a temática Cutelaria. [...]

  11. Edgar disse:

    Como poderia rever esse vídeo: Encontro com Bodlay?

    Atenciosamente

    Edgar

  12. Estação do Saber disse:

    Olá! Edgar

    Você poderá rever este vídeo no site:
    http://www.estacaodosaber.art.br/sociedade-e-cultura/um-encontro-com-bodolay/
    Obrigada!

Deixe um comentário