Palestra João Carlos Lino – É possível a reinvenção da política no horizonte da ética?

6 de março de 2010

Quem não se lembra de nomes como Fernando Collor de Mello, Marcos Valério ou Roberto Jefferson? No Brasil, a toda hora, escândalos políticos e casos de corrupção vêm à tona. O mais recente é do “mensalão brasiliense”, um grande e milionário esquema de corrupção, no qual o então governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, encontra-se envolvido. Diante de fatos como estes, protagonizados pelos políticos do país, a população perplexa se questiona: onde está a ética na política hoje?

Para debater esta importante questão, o projeto Estação Pátio Savassi convidou o Mestre em Filosofia, João Carlos Lino, para ministrar a palestra “É possível a reinvenção da política no horizonte da ética?”.

O objetivo do encontro, que acontece dia 6 de março (sábado), a partir das 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 Savassi), é analisar e instigar o público a debater alguns aspectos do desconforto moral no mundo contemporâneo.  O evento é gratuito e aberto ao público.

Aulas

Segundo João Carlos Lino, política é a arte de viver em comum. É o uso do poder que emana da prática concreta das pessoas. Já a ética, é a parte da filosofia que se ocupa do estudo da conduta humana, sob o ponto de vista do bem e do mal. Desta forma, a ética na política se constitui na conduta correta do Estado e dos cidadãos em relação ao bem da sociedade.

A atividade política, segundo o filósofo, é uma das mais importantes da experiência humana, pois ela nos permite sair dos estreitos limites da nossa privacidade e fundar, sem apagar a nossa subjetividade, um verdadeiro espaço público. “Nos tempos que correm, a política, separada de todo e qualquer ideal republicano, tem se mostrado um mero jogo de poder em benefício de uma minoria suspeita”, afirma João.

João Carlos Lino

Mestre em Filosofia pela UFMG, professor da PUC-MINAS e da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e do Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA). Tem artigos publicados nas coletâneas: “Deuses e monstros”; “Os sete pecados capitais”; “Variações filosóficas entre a ética e a política”; “Filosofia e política” e “A cultura vai ao shopping”.

Estação Pátio Savassi

O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Em seu quinto ano de existência, conta com patrocínio da CEMIG, Governo do Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, onde se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

3 comentários

  1. JOSÉ PEDRO MONTEIRO DE BARROS JÚNIOR disse:

    Como é bom ver esse tipo de iniciativa na área cultural tão carente no Brasil! Parabéns
    Aproveitando o ensejo, gostaria de receber em meu e-mail as agendas da Estação do Saber, obrigado

  2. Parabéns, já os adicionei a meus favoritos a filosofia é bela e nos ajuda a entender e expressar melhor o que
    sentimos e pretendemos escrever,
    Marilda Oliveira

  3. Jacqueline Apolinário disse:

    “Ética e política” chega até a soar como antônimo.
    Vou estar presente no dia da palestra.
    Pena que no Brasil a política é pouco discutida.
    Vale frisar que um tema desse também deveria ser discutido em lugares mais populares e populosos.
    Parabéns! Por fazerem a diferença.

Deixe um comentário