Plano brasileiro de livro e leitura é referência internacional

14 de março de 2008

A experiência brasileira que levou à criação do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) desperta, cada vez mais, o interesse de países e organismos pelo mundo afora. Diversos governos da América Latina têm se debruçado sobre o modelo desenvolvido no Brasil entre 2004 e 2006 (que juntou os ministérios da Educação e da Cultura, outras áreas do governo mais o mercado, universidades e terceiro setor) para implantar uma ampla política pública setorial. Alguns admitem publicamente que estão importando integralmente a fórmula inventada por aqui para transformar suas ações na área do livro e leitura em políticas de Estado.

O PNLL também já começa a ser objeto de estudos em universidades brasileiras e também no exterior. Nos próximos dias, por exemplo, desembarca por aqui uma pesquisadora do Centro de Investigação sobre América Latina e Caribe da UNAM, do México, para colher informações e entender melhor o processo de articulação e construção do Plano.

Fonte: Blog do Galeno

Deixe um comentário