Flutuar Orquestra de Flautas apresenta: Flutuar no Horizonte

4 de março de 2010

A Fundação Municipal de Cultura convida-o para a apresentação da Flutuar Orquestra de Flautas, no domingo, dia 7 de março, às 11 horas, no Centro Cultural Salgado Filho. Este será o último concerto do projeto Flutuar no Horizonte, viabilizado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura.

O repertório deste projeto cultural tem como fonte inspiradora nossa cidade. De diversas formas as músicas apresentam ligação com aspectos da capital mineira, podendo ser alguma característica geográfica, arquitetônica, cultural ou mesmo algum fato particular de cada compositor. Cláudia Cimbleris analisou detalhes arquitetônicos da Praça de Liberdade e os transformou em música, sendo possível “ouvir” o coreto, a travessa central e suas palmeiras e outros nichos com suas características peculiares. Rufo Herrera, argentino radicado há muitos anos no Brasil, é encantado com o Parque das Mangabeiras, por onde passeia regularmente pelas manhãs. Em sua composição Serra do Curral, procurou narrar a paisagem sonora do parque, desde o amanhecer até o meio-dia: os primeiros sons de pássaros, o vento que varre as árvores, a luz do sol que vai surgindo pouco a pouco até alcançar seu esplendor. Artur Andrés (do Grupo UAKTI) compôs uma música a partir do sugestivo título do projeto. O programa se completa com arranjos exclusivos de músicas de outros importantes compositores mineiros tais como Flávio Venturini, Flávio Henrique, Kristoff Silva e Oiliam Lanna.

A paisagem sonora de Belo Horizonte será interpretada por um grupo formado exclusivamente por flautistas com origens e idades diferentes, amadores ou profissionais, entusiasmados em abraçar uma causa comum, a paixão pela música, a paixão pela flauta, pela Flutuar Orquestra de Flautas.

Deixe um comentário