Exposição reconta vida e obra de Petrônio Bax

2 de maio de 2008

De 18 de abril a 25 de maio, a Galeria Alberto da Veiga Guignard recebe a exposição Bax, que traz ao público ilustrações e pinturas do desenhista e artista plástico mineiro Petrônio Bax – que completa 81 anos em 2008. A exposição é comemorativa e marca o lançamento de livro sobre o artista.

O conjunto da obra de Petrônio Bax é certamente parte do patrimônio artístico e cultural de Minas e do País. Ao longo de 60 anos de carreira, Bax criou trabalhos artísticos diversos e repletos de beleza. O abstracionismo em voga no pós-guerra (anos 40 e 50) modifica e enriquece o modelo inicial de sua obra, sempre marcada pela influência modernista. Porém, o artista adota a abstração sem exageros, sempre a partir de formas orgânicas e naturais, em pinturas que flutuam entre o real e o irreal, entre o conhecido e o surpreendente.

Petrônio Bax pincela um mundo submergido nas águas e impregnado de misticismo – com Cristo submerso e rodeado por peixes, madonas em paisagens fantásticas, anjos ao lado de animais marinhos. Modernismo, riqueza de cores, exploração de símbolos e figuras comuns, tudo isso revela uma obra madura, que leva o apreciador ao encantamento.

Petrônio Bax

Filho de holandeses, nascido em Carmópolis de Minas (MG), até os 19 anos foi autodidata. Em 1946, já em Belo Horizonte, ingressa no Instituto de Belas Artes e recebe formação em pintura e desenho com Alberto da Veiga Guignard, de quem foi amigo e discípulo. Nas décadas de 60 e 70, expôs suas obras nas principais galerias do País. Recebeu prêmios e participa de dezenas de exposições por todo o Brasil.

Fonte: Fundação Clóvis Salgado

Deixe um comentário