Instituto de psicanálise e saúde mental de Minas Gerais

9ª Conversação da Seção Clínica – Caso a caso
Adolescência e drogas: um caso que atravessa toda cidade
Dando prosseguimento à série de Conversações da Seção Clínica do IPSM-MG, retornaremos ao tema das drogas abordado na 7º Conversação. Naquela ocasião, partimos da indagação de como os psicanalistas poderiam contribuir para uma política de álcool e drogas que não tivesse, em seu horizonte, a segregação. Essa questão é ainda o que nos orienta e impulsiona. Para que possamos avançar neste caminho, escolhemos, desta vez, como ponto de partida, o caso de um adolescente que nos pareceu paradigmático do problema das drogas na cidade pois, tendo percorrido várias instituições, ele interroga, em sua dificuldade de abordagem, todos os dispositivos e apostas feitas até então.
Será, portanto, a partir do que se apresenta como uma impossibilidade neste caso, ou seja, a partir desse furo no saber, que pretendemos tecer nossa conversa. Deixar-nos ensinar pela singularidade do caso, no que ele pode se apresentar como paradigmático, é o modo de nos engajarmos na discussão política e no exercício de pensar os impasses da cidade e da civilização contemporânea.
Apresentação do caso: Cristina Pinelli Nogueira (Coordenadora do SAASE-Vara infracional de BH – TJMG-CIA) – Colaboraram com a construção do caso, profissionais de várias instituições.
Comentários: Jésus Santiago e Maria José Gontijo Salum
Coordenação: Simone Souto
Data: 12 de maio de 2012 (sábado)- Horário: 9:00h – Local: Sede do IPSM-MG- Rua Felipe dos Santos,588-Lourdes- Inscrições: 20,00 reais (Observação: Estão isentos da taxa: aderentes e membros da EBP, inscritos no Curso de Psicanálise, no Ateliê de Psicanálise Aplicada e na Seção Clínica do IPSM-MG).

Deixe um comentário