Como a liderança pode acelerar o engajamento cívico…

29 de junho de 2010

Bom dia, senhoras e senhores. Eu gostaria de agradecer às Nações Unidas, especialmente ao Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas e à Divisão para Administração Pública e Gestão de Desenvolvimento por me convidar para participar desta reunião.
Eu gostaria de falar sobre como a liderança pode acelerar o engajamento cívico através das redes sociais digitais, sobre desafios correntes e oportunidades, bem como sobre alguns exemplos disso.
Eu gostaria de começar minha apresentação com uma questão: você está conectado?
Eu estou certa que muitos, senão todos, como cidadãos, utilizam a internet e os telefones celulares em seus afazeres do dia a dia. A cada momento, nós estamos mais e mais globalmente conectados. Vivemos num tempo no qual a internet e os telefones celulares se tornaram tão essenciais para nossa sobrevivência como o foram a Revolução Industrial e a eletricidade desde os séculos passados.
Vivemos um tempo no qual as mudanças ocorrem cada vez mais rapidamente. Estar conectado nos permite estar em contato com essa realidade transitória em tempo real. Estar conectado nos pode permite interferir nessa realidade, também em tempo real, e não no futuro. Mais e mais, a demora para interferir socialmente no que está acontecendo será praticamente nula.

Continue lendo o artigo no site da ONU (em inglês)  http://migre.me/T0jY

Tags: ,

Um comentário

  1. Jonas Rabinovitch disse:

    A visão demonstrada nessa artigo de Julia A. Ramalho Pinto representa um marco histórico no processo de utilização das tecnologias de informação e comunicacão para melhoria do engajamento civil e serviço publico.

    O artigo aponta de forma concreta um caminho que as administrações do futuro verão com naturalidade. De fato, o futuro ja’chegou.

    Obrigado pela clareza, pragmatismo e visão.

Deixe um comentário