Psicanalista carioca é convidado para debater paixões e afetos contemporâneos no Estação Pátio Savassi (7/6)

29 de maio de 2013

Em junho, o Projeto Estação Pátio Savassi promove mais uma palestra do ciclo “A cidade pulsa, a psicanálise escuta”. Na busca de refletir o comportamento humano e a cultura, bem como ampliar o debate sobre a sociedade contemporânea, o projeto Estação Pátio Savassi promove em junho mais uma “A cidade pulsa, a psicanálise escuta” o evento será realizado no dia 07 de junho às 19:30 no anfiteatro (L2) do Shopping Pátio Savassi (Avenida do Contorno, 6061 – Savassi), com entrada franca.

Com o tema “Paixões e afetos contemporâneos”, a palestra será conduzida pelo psicanalista carioca, Marcus André Vieira, Doutor em psicanálise. Ele irá debater o excesso de emoção e avaliar maneiras de lidar com o sentimento desmedido da paixão. O debate é uma realização da Estação do Saber em parceria com a Escola Brasileira de Psicanálise (A Biblioteca no Pátio Savassi -EBP/MG).

De acordo com Marcus André, a proposta é analisar os estudos de Sigmund Freud e Jacques Lacan e a prática clínica para entender o sentimento excessivo da paixão. “Pensar que a paixão é incontrolável, excessiva, que não usa a razão e não tem bom senso são clichês que aprendemos no cotidiano. É o que tenho notado na experiência clínica, que esse é o jeito do sentimento acometer as pessoas” destaca. O psicanalista ressalta ainda ser necessário que as pessoas aprendam a lidar com esse sentimento, sem deixá-lo aflorar, tomar conta do individuo e fazê-lo cometer erros. “É preciso aprender a jogar o jogo da paixão”, completa Marcus André.

Sobre o palestrante

Marcus André Vieira é médico, Doutor em psicanálise e Mestre em Diplôme D’études Approfondies en Psychanalyse. Psicanalista da Escola Brasileira de Psicanálise, professor da PUC-Rio; Coordenador do Centro de Atendimento Digaí, na favela da Maré; autor, entre outros, de “Restos – uma introdução lacaniana ao objeto da psicanálise” (Contra Capa, 2009) e “A paixão” (Zahar, 2001).

Sobre as mediadoras

Júlia Ramalho Pinto – Psicóloga, psicanalista, sócio-diretora da Estação do Saber, curadora do projeto Estação Pátio Savassi e do ETC-BH (Encontro de Twitteiros de Belo Horizonte).

Lilany Pacheco – Psicanalista membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise. Doutora em Ciência da Saúde da Criança e do Adolescente.

Estação Pátio Savassi

O projeto é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. Está no nono ano de realização, com palestras gratuitas, em que são discutidos temas contemporâneos, com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados.
• Mensalmente, às sextas-feiras, terá como temática: “A cidade pulsa, a psicanálise escuta!”
• Mensalmente, aos sábados, terá como temática: “Minas são muitas”.
As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter de Júlia Ramalho Pinto http://twitter.com/arpjulia e da Estação do Saber http://twitter.com/estacaodosaber, com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. O evento também será transmitido via Ustream, na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br (salvo por problemas de ordem técnica das operadoras de internet).


Live Video streaming by Ustream

Júlia veste Plural Multimarca R. Maranhão, 78 – Santa Efigênia BH/MG

Tags: , , , , , ,

10 comentários

  1. Isabella disse:

    Como faço pra participar?

  2. Marisa Renna de Vitta disse:

    A paixao parece ser um afeto caracteristico do mundo contemporaneo…muito interessante abordar no espaço da cidade, esse modo, desmedido, como traz Marcos Andre, de relaçao que a civilizaçao caminha, hoje.

  3. Fernanda Otoni disse:

    A fala do Marcus nos ajuda a pensar o sucesso e a pregnância do slogan do PT na campanha política para eleição do presidente Lula: Sem medo de ser feliz!!! Fato historico brasileiro que nos ajuda a pensar o tempo atual onde a felicidade passou a ser um fator da política!

  4. Estação do Saber disse:

    Isabella, pode enviar sua pergunta pelo site.
    Obrigada pelo contato.

  5. Estação do Saber disse:

    Obrigada Marisa pela participação!

  6. Rosilene P de souza disse:

    Muito bom.desta vez não pude participar ao vivo e estou acompanhando pela internet.Abraços Rosilene – Patos de Minas

  7. Estação do Saber disse:

    Fernanda, obrigada pela participação.

  8. Estação do Saber disse:

    Rosilene, obrigada pelo contato!

  9. Tatiana Goulart disse:

    Preciso e claro o disser de Marcus André. Realça nos detalhes as possíveis saídas de cada um…. Parabéns à Estação do Saber por permitir que essas discussões possam avançar nos espaços da cidade!

  10. Estação do Saber disse:

    Tatiana, obrigada pela participação.

Deixe um comentário