Leitura e escrita no mundo contemporâneo foi o tema do Estação Pátio Savassi em abril

30 de março de 2010

Com as redes sociais, como Blog, Orkut, Twitter, pessoas comuns ganham espaço e notoriedade para expressar e demonstrar talentos, principalmente para a escrita. Diante desse quadro, a publicação Letras Libres estima que, só nos EUA, haverá, em 2052, nada menos que 148 milhões de autores – e bem menos leitores: 129 milhões.

Com o tema “O que te conecta à escrita?” o projeto Estação Pátio Savassi convida o público para debater sobre a importância de alguns escritores, os próximos passos da literatura mundial e as novas formas dos leitores interagirem com a literatura.

As palestras, que acontecem todos os sábados, a partir das 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 Savassi), são gratuitas e ministradas por especialistas e conhecedores da área.

Programação

No dia 03 de abril não haverá palestra devido ao feriado.

No dia 10, a Doutora em Literatura, escritora e psicanalista, Lúcia Castello Branco, ministra a palestra “Quem me Chama?”, que abordará a escrita de Lliansol e de Manuel de Barros, o olhar particular da psicanalista e leitora, o que ela destaca nas obras e no etilo desses autores.

“Porque ler Ítalo Calvino hoje?”, é a temática do encontro do dia 17, no qual, a Doutora e Mestre em Literatura, Maria Elisa Rodrigues Moreira, abordará a vida e obra do autor cubano/italiano.

Encerrando a programação do mês, no dia 24, o projeto apresenta a palestra “Por que re-ler Alice?”. A Doutora em Literatura, Myriam Ávila, questionará e discutirá o porquê da obra “Alice” continuar fascinando crianças e adultos. A atualidade da obra que despertou o interesse de Tim Burton para gravar a estória na versão cinematográfica em 3D.

Estação Pátio Savassi
O Projeto Estação Pátio Savassi é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. O projeto entra no quinto ano de realização contando com patrocínio da CEMIG, Governo do Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, nelas se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

5 comentários

  1. Dione Queiroz disse:

    Realmente tenho que parabenizá-los pela escolha dos temas.Todos escolhidos são questões que nosenvolvem no dia a dia e portanto muito atuais .Como será o nosso dia amnhã.? Como serão nossas cidades ,nossa gente.

  2. Joanna de Assis disse:

    Adorei a iniciativa! Escrevo para sites, blogs e revistas e também poesias. pretendo ir a todas as palestras!

  3. Isabella disse:

    Parabéns pelo projeto Estação do Saber. Sempre com muita qualidade e temas de grande relevância. Vida longa ao projeto!

  4. Realmente tenho que parabenizá-los pela escolha dos temas.Todos escolhidos são questões que nosenvolvem no dia a dia e portanto muito atuais .Como será o nosso dia amnhã.? Como serão nossas cidades ,nossa gente.
    +1

  5. Estação do Saber disse:

    Agradecemos a satisfação, estamos abertos às sugestões!

Deixe um comentário