Estação Pátio Savassi às sextas-feiras com o projeto “A cidade pulsa, a psicanálise escuta”

7 de março de 2013

Com o objetivo de ampliar os debates da psicanálise para a sociedade em geral, o projeto realiza no dia 15 de março (sexta-feira), às 19h, a palestra “A psicanálise escuta”.

No debate, que conta com a participação dos psicanalistas Laura Lustosa Rubião e Henri Kaufmanner e mediado pelas psicanalistas Lilany Pacheco e Júlia Ramalho Pinto. Será abordada a contribuição da psicanálise para o tratamento do autismo, da depressão, do déficit de atenção e outras doenças mentais que se apresentam como epidemias na sociedade contemporânea.

De acordo com Henri, uma das contribuições e objetivo da psicanálise é devolver a noção de responsabilidade ao individuo, e é isso que será discutido no encontro. “No mundo de hoje, tão dominado por diagnósticos e soluções pseudocientíficas, o sofrimento das pessoas é reduzido à doença, a uma carência essencial ou mesmo a uma fragilidade social. Com isso, o sujeito é insistentemente reduzido a ser um mero acaso em sua vida, sendo extraído de qualquer responsabilidade sobre aquilo que o faz sofrer”, completa.

Sobre os Palestrantes

Henri Kaufmanner – Mestre em Psicologia e psicanalista membro da Escola Brasileira de Psicanálise (Diretor adjunto da Seção Minas). Ainda, preceptor da residência de psiquiatria do Instituto Raul Soares da FHEMIG.

Laura Lustosa Rubião – Psicanalista membro da Escola Brasileira de Psicanálise (diretora-adjunta de Biblioteca) e Doutora em Literatura Comparada. Ainda, é autora do livro “A ética do bem dizer nos estudos lacanianos sobre a comédia”. Atualmente trabalha na Prefeitura Municipal de Belo Horizonte na área de saúde mental.

Sobre o projeto Estação Pátio Savassi

O Projeto Estação Pátio Savassi é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júlia Ramalho Pinto. O projeto está no nono ano de realização, com palestras gratuitas, em que são discutidos temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados. As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter de Júlia Ramalho Pinto http://twitter.com/arpjulia e da Estação do Saber http://twitter.com/estacaodosaber, com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. O evento também será transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br (salvo por problemas de ordem técnica das operadoras de internet).

Acompanhe ao vivo ou assita a apresentação depois, aqui no site:


Live broadcast by Ustream

2 comentários

  1. Blanca Musachi disse:

    Excelente a participação dos colegas da EBP-MG. Parabéns pela iniciativa! Resgatando o que disse Laura Rubião citando Freud, é preciso continuar apostando ao múltiplo interesse da psicanálise na cidade. Parabéns Henry pela clareza com que apresenta a aposta numa política do sintoma da psicanálise, muito diferente das respostas de moral,sedação, e controle do mestre contemporâneo.
    Um abraço desde SP,
    Blanca

  2. Estação do Saber disse:

    Obrigada pelo seu comentário!

Deixe um comentário