A arte no mundo contemporâneo foi tema do Estação Pátio Savassi no mês de maio

28 de abril de 2010

Foto: Tatiane Martins

Para falar sobre a importância da arte na contemporaneidade, o projeto Estação Pátio Savassi de maio traz grandes especialistas no assunto, os ‘fazedores e pesquisadores da arte’, para uma descontraída conversa com o público. Com o tema central do mês “Qual o ponto de virada?” os convidados apresentarão suas artes, suas pesquisas e falarão de suas experiências e dos processos criativos.

As palestras, que acontecem todos os sábados, a partir de 11h, no anfiteatro (L2) do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061 Savassi), são gratuitas e ministra das por especialistas e conhecedores da área.

Programação

No dia 1º de maio (sábado) não haverá palestra devido ao feriado.

Dia 8 de maio, o diretor de TV e cinema, Frank Mora, a partir do tema “Qual o dia que mudou a sua vida?”, vai falar sobre

o processo de produção de seu longa-metragem ‘Ponto de Virada’ e discutir formas de viabilização de projetos audiovisuais para TV e cinema.

No dia 15 de maio, o convidado para ministrar a palestra “Como se encontram música e letra?” é o jornalista, escritor e músico, Anand Rao. Musicalidade e poesia são as bases do encontro.

O cantor e compositor mineiro, Affonsinho, vai levar melodia e ritmo ao encontro do dia 22 de maio. Com o tema “Qual

o ponto de virada de um músico”, ele vai falar de sua carreira, de seu processo de criação e apresentará alguns de seus sucessos.

Para fechar a programação de maio com o tema “Qual o ponto de virada da arte?”, a convidada é a Mestre em Comunicação e

Semiótica, Carolina Marinho. O encontro será no dia 29 de maio e a professora vai falar sobre assunto a partir da grande ruptura promovida pela arte moderna mostrando, na seqüência, a virada para arte contemporânea.

Estação Pátio Savassi
O Projeto Estação Pátio Savassi é uma realização da Estação do Saber e do Shopping Pátio Savassi, com curadoria de Júli

a Ramalho Pinto. O projeto entra no quinto ano de realização contando com patrocínio da CEMIG, Governo d

o Estado de Minas Gerais, Governo Federal, Ministério da Cultura e Lei Rouanet. As palestras são sempre aos sábados e gratuitas, nelas se discutem temas contemporâneos com a participação de intelectuais, escritores e profissionais renomados, numa agradável conversa nas manhãs de sábado.

As palestras poderão ser acompanhadas através do Twitter (Julia Ramalho Pinto www.twitter.com/arpjulia) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações. Ainda em fase de teste, o evento está sendo transmitido via Ustream na página da Estação do Saber www.estacaodosaber.art.br.

Deixe um comentário